Escolha uma Página

Alguns amigos meus reclamam que quando hipnotizam, não conseguem passar das “mãos coladas” com o sujeito, por isso escrevi esse post super objetivo sobre como ir das “mãos coladas” até o fenômeno da alucinação. Esse texto é para quem já sabe hipnotizar, mas tem dificuldade na execução das sequências de rotinas com o sujeito, então vamos começar.

O sujeito hipnotizado está no palco e o hipnólogo fala baixinho ao seu ouvido, ninguém escuta o que é, mas quando o mesmo abre os olhos, começa a rir e a gargalhar, pondo as mãos no rosto com vergonha alheia, ele está vendo todos ao redor completamente sem roupa! Mas o que aconteceu? Que pouca vergonha é essa!? Calma, calma, é só uma alucinação hipnótica, mas como isso acontece? Como produzir esse efeito no cérebro de alguém?

A alucinação é um dos fenômenos mais incríveis do hipnotismo, um nível de transe profundo em que o sujeito pode visualizar qualquer coisa que o hipnólogo sugerir. A alucinação acontece de duas formas, a primeira é a alucinação positiva, quando o sujeito vê algo que não está lá, e a segunda é a negativa, que ocorre em sentido contrário, isto é, o sujeito não vê algo que está lá.

O processo mais seguro para produzir esse tipo de efeito em um sujeito hipnotizado é a sequência de rotinas que visa aprofundar o transe na medida em que aumenta a complexidade das sugestões. A sequência é a seguinte, após o Rapport e o Pré-Talk, aplique os testes de suscetibilidade para descobrir os mais aptos á hipnose naquele momento, faça uma indução formal no sujeito escolhido e aprofunde o transe, sugira sensações de aderência, tais como colagem de olhos, pés e mãos.

Se o sujeito reagir positivamente às sugestões de aderência, você pode aprofundar ainda mais o transe nele e sugerir amnésia de nome ou número através de metáforas, o sujeito esqueceu o nome ou número? Se sim, agora é só aprofundar e sugerir que ele verá todo mundo sem roupa ou que ele vai olhar para determinada pessoa e ver o artista predileto dele. Apenas memorize a sequência que precisará usar após a indução formal e lembre-se de intercalar as rotinas com aprofundamentos rápidos:

– Sugestões de aderência
– Sugestões de amnésia
– Sugestões de alucinação

Tenha em mente que não existe método infalível ou sequência perfeita, os sujeitos que já alucinaram outras vezes, normalmente não precisam passar por esse processo para alucinar de novo. Algumas pessoas simplesmente não alucinam (ou precisam de muitíssimo aprofundamento para isso) visualmente, o que não torna as apresentações com elas menos divertidas, você pode sugerir varias outras coisas ao invés de alucinação. No mais, faça suas próprias experiências e não tenha medo de errar, hipnose como tudo nessa vida, aprende-se com a prática e lembre-se de colocar a integridade moral e física do sujeito acima de tudo. Qualquer dúvida é só perguntar nos comentários.

deneme bonusu veren siteler | bahis | bahis siteleri | betting | iddaa tahmin | film izle | youporn | deneme bonusu veren bahis siteleri | sportwetten